quinta-feira, 18 de junho de 2009

Você deseja registrar as coisas que escreve? Aí vai a dica!


Registro de DIREITOS AUTORAIS.


Entre no site da Fundação BIBLIOTECA NACIONAL - Ministério da Cultura:
www.stn.fazenda.gov.br
Leia todas as instruções atenciosamente.
Depois de baixar a boleta bancária que está no site, vá ao Banco do Brasil (conforme as orientações dadas no site) para pagar uma taxa de aproximadamente 20 reais (último preço que paguei) sobre o registro da sua obra. O mesmo se faz com obras de músicos (letra / partitura), ilustradores (desenho/personagem).
Agora, junte a xerox da sua identidade, CPF, xerox do comprovante de residência do requerente e a boleta paga! Prontinho! Vá ao Escritório de direitos autorais da sua cidade e leve uma cópia da sua obra digitada com as páginas numeradas e rubricadas por você e preencha um formulário. Você terá que levar uma pasta do tipo poliondas ou papelão com elástico para que sua obra fique arquivada nesta pasta.
Você receberá o REGISTRO AUTORAL de sua obra por correio algum tempo depois.
Desta forma você estará seguro para compartilhar a sua obra onde desejar.


quarta-feira, 17 de junho de 2009

A Literatura infantil no desenvolvimento da criança





Nota-se que a educação contemporânea vem caminhando com dificuldades. A tecnologia e as mídias estão abrindo espaço na sociedade fazendo com que a escola repense estratégias de aprendizagens significativas e efetivas.
Com a riqueza de imagens e conhecimentos adquiridos fora do ambiente escolar, as crianças precisam ser direcionadas para um novo ponto de partida; um saudável diálogo entre a criança e o livro, de forma prazerosa, pode ser um bom começo.
Se para mudar a sociedade são necessários homens criativos que saibam utilizar a imaginação, o ponto de partida deve ser entrar em contato com a fantasia, fazendo com que a imaginação influencie a criatividade.