domingo, 18 de março de 2007

ERA UMA VEZ...


Era uma vez uma professora que sonhava com uma escola feliz, em que cada criança poderia desenvolver suas potencialidades mostrando aquilo que tinha de melhor...
Então ela resolveu dividir com as crianças os seus sonhos...
Na sala de leitura  contava as suas histórias e as histórias que foram criadas pelo povo ou por grandes escritores durante séculos: histórias de paixões, de aventuras, desventuras, de dificuldades e vitórias, de medos, de superações...
Ela também estimulava suas crianças a contarem histórias para as outras crianças abolindo suas inibições, superando seus medos.
Brincar e se descobrir era necessário,  pois nas brincadeiras reproduziam suas relações sociais, suas dúvidas, suas dificuldades. Faziam assim grandes descobertas.
Essa professora acreditava potencialidade das crianças e que bastava estimulá-las para que tudo em suas vidas se transformasse como num conto de fadas.
Assim, todas as crianças eram convidadas a entrarem no mundo da fantasia:  lendo muito, criando suas próprias histórias e dando vida a seus personagens através de suas ilustrações.
Com a poesia foi conquistando a sensibilidade de cada criança, convidando poetas para visitarem suas crianças: declamando suas poesias e falando sobre suas caminhadas.
Resgatando valores sociais adormecidos, preparando um cidadão que critica o que já vem pronto, cria soluções, que participa de decisões.
Essa professora descobriu que nem sempre tudo é fácil...
Que nem só de boas intensões vive o homem, pois pelo caminho foi encontrando várias pedras que faziam mais difícil o seu caminhar...  e por isso mesmo decidiu continuar seus sonhos, conquistando novos sonhadores como você e...
Mostrando que tudo é possível para aquele que acredita no potencial humano.

denisepoetisa@yahoo.com.br


Vamos fazer trocas?